Dempsey e Obafemi dão título da US Open Cup ao Sounders

Seattle Sounders

O Seattle Sounders fez valer a força de seu plantel para vencer o Philadelphia Union na final da US Open Cup 2014. A partida foi jogada no PPL Park de Philadelphia.

É o quarto título da equipe dos Sounders em seis anos do torneio, que chega a sua edição de número 101.

A primeira chance veio para a equipe de Seattle aos 10 minutos. Andy Rose avançou pela esquerda e passou para Dempsey que finalizou por cima do gol.

O Union respondeu com uma cabeçada de Andrew Wenger aos 18 minutos.

Os Sounders chegaram novamente, dessa vez pelo alto. O zagueiro Chad Marshall aproveitou cobrança de escanteio de Brad Evans, porém sem sucesso.

Wenger voltou a ameaçar aos 34 minutos, porém o chute foi desviado pelo goleiro Stefan Frei. 4 minutos depois, Maurice Edu abriu o placar para o Philadelphia Union.

O Seattle atacou e arrancou o empate no início do segundo tempo. A zaga do Philadelphia não afastou uma bola na pequena área e Chad Barret com sua experiência empurrou a bola pra dentro das redes.

Desperdiçando chances de ampliar o placar, os Sounders não aproveitaram com Dempsey que chegou atrasado em uma bola rasteira, e Obafemi Martins que falhou em um voleio livre de marcação.

O Union também teve chances para matar a partida, porém Pedro Ribeiro não aproveitou rebote depois do chute de Raymon Gaddis. A chance mais clara foi com Vicent Nogueira aos 91 minutos de partida.

A vitória do Seattle Sounders veio somente na prorrogação, aos 101 minutos, Martins encontrou Dempsey sozinho que não titubeou e marcou o segundo gol.

Com 2 a 1 no placar a equipe se fechou e em um contra ataque aproveitado por Obafemi, o Sounders fechou o caixão anotando o gol do título.

Final: Sounders 3 x 1 Philadelphia

Veja os melhores momentos:

Em jogo com polemicas, Chicago e Toronto empatam em 1 a 1

000chitor

Na partida de ontem em um péssimo gramado do Toyota Park em Chicago,IL o Chicago Fire recebeu a equipe canadense do Toronto FC. Num confronto onde ambas as equipes da conferencia Leste buscavam melhorar suas campanhas.

A equipe da casa saiu na frente com assistência Sanna Nyassi, Lovel Palmer marcou o primeiro gol da partida aos 11 minutos do primeiro tempo.

Aos 56 minutos no que parecia em que Joe Bendik, goleiro do Toronto FC teria uma noite de vilão ao cometer um pênalti, mudou rapidamente pois o goleiro defendeu a cobrança e mais dois rebotes espetacularmente. Freando os ataques em peso do Fire.

O Toronto então se lançou ao ataque mas apenas aos 89 minutos em bola lançada na área o veterano atacante Dwayne de Rosario, fez o gol de empate e o seu primeiro na temporada.

No fim ainda houve um principio de confusão quando o Toronto FC teve uma jogada anulada com Gilberto aos 92 minutos.

Banner MLS_610x90

Red Bull sofre, mas vence DC em clássico

LS_5[1]

Em noite de clássico na Conferência Leste, New York Red Bulls e DC United se enfrentaram na Red Bull Arena em jogo que foi prejudicado pela arbitragem.

Com 11 jogadores para cada lado a partida estava equilibrada e o time da casa assustava um pouco mais, até que aos 32 minutos de jogo o árbitro expulsou Espíndola de forma um tanto quanto rigorosa. A partir daí o jogo virou ataque contra defesa.

Com muitas chances criadas, o time do New York deu trabalho, mas não fez seu na primeira etapa.

No segundo tempo, Henry e companhia seguiram desperdiçando oportunidades, consagrando o goleiro Hamid, do DC. Quando parecia que o resultado seria o zero a zero, Lloyd Sam recebeu na área e bateu cruzado, fazendo o gol do jogo nos acréscimos da partida.

A vitória manteve o New York entre os 5 melhores da Conferência e o DC, mesmo com a derrota, se manteve na liderança isolada.

Banner MLS_610x90

 

Real Salt Lake terá franquia na USL PRO

rsl-1

A USL PRO está se tornando o destino preferido nos mapas para a expansão dos clubes da MLS, principalmente em termos estruturais e técnicos. Seguindo os passos do LA Galaxy e Montreal Impact, o Real Salt Lake também lançará a sua franquia na outra liga. E com casa própria.

Na semana passada, o clube recebeu a liberação para a construção de um estádio em Fairpark, em Utah. Será o primeiro empreendimento específico para o futebol na região, com capacidade para 8 mil pessoas e um custo estimado entre US$ 13 milhões e US$ 18 milhões. A inauguração está prevista para 2016.

Real Salt Lake

A ideia do Real Salt Lake, é ativar sua franquia na USL PRO já em 2015 com jogadores de suas categorias de base. Nesse ano, os compromissos serão mandados no Rio Tinto Stadium – com capacidade limitada para evitar prejuízos. Austin, Colorado Springs, Louisville, St. Louis e Tulsa, além da já citada Montreal, são outros clubes que participarão da USL PRO a partir da próxima temporada.

Banner MLS_610x90

LA Galaxy se recupera e evita derrota em Montréal

MLS: Los Angeles Galaxy at Montreal Impact

O Montréal Impact recebeu a forte equipe do LA Galaxy no Stade Saputo em Montréal,QC no Canadá neste meio de semana com as equipes tendo aspirações muito diferentes. Enquanto os canadenses se encontram em último na conferencia Leste o LA Galaxy briga pela ponta no Oeste.

O time da casa apesar de não ser favorito saiu na frente aos 28 minutos, com boa troca de passes a bola sobrou para Marco Di Vaio que completou para o fundo da rede, fazendo 1 a 0.

Aos 43 minutos o Montréal ampliou a vantagem depois que em mais uma boa troca de passes Felipe encontrou o argentino Ignacio Piatti que marcou o segundo gol do Impact.

Porém a equipe californiana não tremeu diante do resultado e começou sua reação no segundo tempo quando em um lance de oportunismo após um belo passe de Juninho,  o jovem americano Gyasi Zardes fez o primeiro gol do Galaxy aos 59 minutos.

Mais tarde aos 64 minutos o LA conseguiu o seu empate após o gol de Alan Gordon dando números finais a partida em 2 a 2.

Banner MLS_610x90

Whitecaps vence e volta a zona dos Play-off’s

0000whitegol

Depois de 449 minutos sem marcar um gol sequer o Vancouver Whitecaps se reencontrou com a vitória quando recebeu o San Jose Earthquakes, rival na conferencia Oeste, no BC Place em Vancouver,BC no Canadá.

O time canadense pressionado pela má sequencia saiu para o ataque desde o começo do jogo mas teve que esperar até os 39 minutos quando em um pênalti marcado em cima de  Kendall Watson, Pedro Morales marcou e além de abrir o placar acabou com o jejum de gols da equipe.

No segundo tempo aos 56 minutos e também de bola parada, Watson aproveitou o escanteio cobrado por Morales e cabeceou no canto da rede sem chances para o goleio Jon Busch.

O Vancouver pressionou e teve diversas oportunidades de marcar mas foi parado por Jon Busch que teve fazer algumas defesas difíceis e evitou o que seria uma noite ainda pior para a equipe californiana.

Com a vitória os Whitecaps  voltaram para zona de play-off’s na conferencia Oeste já o San Jose Earthquakes se encontra na oitava posição.

Banner MLS_610x90

Após dois anos Canadá se reencontra com a vitória

0000canada

Depois de uma série de 16 partidas sem vitória o Canadá recebeu a Jamaica em Toronto no BMO Field num amistoso diante dos torcedores para mostrar o progresso que o técnico Benito Floro tem dado a equipe.

A noite começou ruim porém para os canadenses que sairão atrás no placar com o gol de falta marcado pelo jamaicano Kemar Lawrence, aos 30 minutos. Sem chances para o goleiro Milan Borjan.

A reação não demorou a aparecer e após o cruzamento de Patrice Bernier, do Montréal Impact, David Edgar acertou um belo chute de fora da área e empatou a partida já aos 31 minutos.

No segundo tempo em falta na entrada da área o Canadá conseguiu a virada com um belo chute de Marcel de Jong aos 68 minutos num gol muito semelhante ao da Jamaica.

A festa porém estava longe de acaba pois aos 72 minutos o goleio jamaicano largou a bola , que sobrou para Tosaint Antony Ricketts que empurrou para o fundo das redes fechando o placar em 3 a 1 para o time da casa.

Com a primeira vitória em 2 anos a seleção do Canadá busca continuar evoluindo para as eliminatórias da Copa de 2018 e a Gold Cup do ano que vem.

Confira os melhores Momentos no link abaixo:

http://youtu.be/4gDQQdedI1c

Banner MLS_610x90

Earthquakes anuncia a contratação de Pablo Pintos

Pablo Pintos

O San Jose Earthquakes anunciou a contratação do lateral direito uruguaio Pablo Pintos, vindo do Defensor Sporting, clube da primeira divisão de seu país.

Com 27 anos de idade, Pablo chega ao sexto clube de sua carreira, já jogou no Uruguai, Argentina, Espanha e Turquia, participando de ligas como Europa League, Libertadores da América e a Copa Sulamericana.

“Estamos muito felizes por contratar um jogador da qualidade do Pablo”, disse o Gerente Geral dos Earthquakes, John Doyle. “É um excelente lateral direito e nos ajudará a pensar no futuro”.

Começou sua carreira no Defensor Sporting em 2006, conseguindo 3 títulos nacionais antes de ir para o San Lorenzo da Argentina. Depois, Pablo foi transferido ao Getafe da Espanha, Stuttgart da Alemanha e Young Boys da Suiça.

Em 2012 voltou ao seu clube de origem antes de assinar com o turco Kasımpaşa, e assim ser emprestado ao Tigre da Argentina. O lateral chega ao Earthquakes e estará disponível para jogar assim que seu visto de trabalho for aprovado.

Banner MLS_610x90

DC United empata sem gols fora de casa com Whitecaps

0000whitecaps

Na noite canadense em Vancouver,BC o Vancouver Whitecaps recebeu a embalada equipe do DC United, com boa campanha na conferencia leste em busca de se se reabilitar dos últimos resultados negativos.

Apesar do bom público recebido no BC Place nem a equipe da casa nem os visitantes conseguiram amplo domínio da partida.

Como sempre explorando a transição famosa de velocidade nos contra-ataques o Vancouver criou boas oportunidades de gol mas Darren Mattocks falhou em marcar parando nas mãos de Bill Hamid do DC.

Com o perigoso Fabian Espindola o DC United também causou muito perigo e obrigou o goleiro David Ousted a fazer grandes defesas mas apesar disso o ataque da equipe também se mostrou ineficiente durante os 90 minutos.

Ao fim do jogo o placar marcou um empate de 0 a 0 sem sabor para ambos os lados em especial para o Whitecaps que completou sua quarta partida seguida sem marcar gols.

Em partida histórica Galaxy goleia Colorado por 6 a 0

Landon Donovan LA Galaxy

O Colorado Rapids viveu um pesadelo sem fim no StubHub Center de Carson, ao ser goleado pelo LA Galaxy em uma partida que entrou para a história. O goleiro dos Rapids, Joe Nasco, foi expulso precocemente, aos 39 segundos de partida e se tornou assim, o jogador que mais rápido foi expulso de uma partida da MLS.

Em jogada pela esquerda que terminou em uma série de rebotes dentro da área dos Rapids, Alan Gordon ia ficando com a bola quando Nasco lhe deu uma espécie de chave nas pernas. O árbitro da partida não teve dúvidas, sacou o cartão vermelho e expulsou o goleiro na hora, um feito que mudou totalmente o rumo da partida.

Donovan converteu o penalti e marcou o primeiro gol do jogo. O segundo gol saiu de uma bela troca de passes que acabou nos pés de Baggio Husidic que bateu colocado no canto esquerdo do goleiro.

Zardes marcou o terceiro depois de uma grande assistência do craque Donovan, que por sua vez anotou o quarto gol do Galaxy.

O quinto gol da noite veio aos 75 minutos de partida em uma cabeçada de Zardes e pra finalizar a goleada, Husidic marcou o sexto aos 85 minutos. O ex Chicago Fire apareceu pela esquerda para receber passe de Donovan e livre de marcação, balançou as redes encerrando o massacre.

A curiosidade além da expulsão de Nasco, é que a equipe do Galaxy marcou 6 gols sem a presença de Robbie Keane em campo. Os galáticos chegaram aos 46 pontos e estao na segunda posição da Conferência Oeste, Já o Colorado está completamente comprometido ocupando apenas a sétima colocação, com 30 pontos.

II Jornada_Banner 310x90p

Powered by WordPress | Designed by: Themes Gallery | Thanks to best wordpress themes, Download Free WordPress Theme Online and All Premium Themes