Share
New York City FC e D.C. United caem na primeira fase da US Open Cup

New York City FC e D.C. United caem na primeira fase da US Open Cup

Cinco equipes da MLS fizeram suas estreias na US Open Cup no começo da noite desta quarta, mas apenas três delas seguiram em frente na competição: Orlando City, Philadelphia Union e New York Red Bulls. New York City FC e D.C. United foram eliminados por equipes de outras Ligas nacionais e estão fora da disputa pelo título.

New York City FC 0 x 1 New York Cosmos

No clássico entre a tradição e a novidade, prevaleceu a história no New York Cosmos, da NASL, tirou o New York City FC da competição pelo segundo ano seguido. Jogando no Coffey Field, no Bronx, o Cosmos venceu o rival, que atuou com um time misto, graças a um gol de cabeça de  Danny Szetela aos 43 minutos do segundo tempo.

D.C. United 0 (3) x (4) 0 Fort Lauderdale Strikers

No Maryland SoccerPlex, o Fort Lauderdale Strikers, da NASL, que tem o brasileiro Ronaldo como um de seus proprietários, deixou o D.C. United, um dos times mais tradicionais da MLS, pelo caminho. Após empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, a equipe da Flórida foi mais eficiente nas cobranças de pênalti e venceu por 4 a 3.

Orlando City 1 x 0 Jacksonville Armada

No duelo entre duas equipes da Flórida, realizado no Southern Oak Stadium, melhor para o Orlando City, que eliminou o vizinho Jacksonville Armada, vencendo por 1 a 0. Os Lions jogaram com um time misto e o gol da vitória foi marcado pelo zagueiro David Mateos, que recebeu passe do brasileiro Júlio Baptista.

New York Red Bulls 1 x 0 Rochester Rhinos

Jogando fora de casa, em Rochester, o New York Red Bulls utilizou boa parte de seus titulares para passar pelos Rhinos, da USL, ao vencer por 1 a 0. O gol da vitória e da classificação foi marcado por Sacha Kljestan, convertendo pênalti aos 20 minutos do primeiro tempo.

Philadelphia Union 3 x 2 Harrisburg City Islanders

Philadelphia Union e Harrisburg City Islanders, da USL, fizeram um jogo dramático no Talen Energy Stadium. O time da casa saiu na frente com Walter Restrepo e marcou 2 a 0 com Roland Alberg. No segundo tempo, os Islanders reagiram, diminuíram com Craig Foster e, já nos acréscimos, empataram com Bobby Warshaw. Antes do apito final, Alberg bateu falta e garantiu a classificação do Union.


Foto: Twitter / Fort Lauderdale Strikers

Deixe um comentário

comentários