Share
Nas Eliminatórias, EUA faz quatro pontos em dois jogos e continua ‘vivo’ por vaga na Rússia 2018

Nas Eliminatórias, EUA faz quatro pontos em dois jogos e continua ‘vivo’ por vaga na Rússia 2018

Os Estados Unidos iniciou a semana da terceira e da quarta rodada das Eliminatórias com duas derrotas em dois jogos realizados e precisava de pontos para voltar a brigar por vaga na Copa do Mundo da Rússia 2018. Na sexta-feira (24), o time goleou Honduras por 6 a 0 e nesta terça-feira (28) empatou com o Panamá, fora de casa, em 1 a 1, conseguindo alcançar seu objetivo. A equipe saltou da última colocação para a quarta no hexagonal final das Eliminatórias da Concacaf.

No primeiro jogo, Clint Dempsey comandou a seleção para a vitória sobre Honduras marcando três gols. Sebastian Lletget, Michael Bradley e Christian Pulisic também fizeram gols. No segundo jogo, Dempsey marcou mais um gol e os Estados Unidos conseguiram arrancar um empate contra o Panamá.

Os quatro pontos conquistados em dois jogos eram tudo o que o técnico Bruce Arena gostaria para essas duas primeiras rodadas sob o comando da Seleção Americana de Futebol. Agora, a próxima missão do técnico e dos jogadores é conseguir colocar a equipe entre as três primeiras colocadas para ir direto para a Copa do Mundo.

Atualmente, o México lidera o hexagonal final das eliminatórias com 10 pontos. Costa Rica está em segundo com sete pontos. Panamá fecha a lista dos que hoje estariam classificados diretamente para a Copa do Mundo com cinco pontos. Os Estados Unidos estão na zona de repescagem com quatro pontos, empatados com Honduras. Trinidad e Tobago estão na última colocação com três pontos.

A próxima partida da Seleção Americana será no dia 7 de junho contra o lanterna do grupo, em casa. O México enfrenta Honduras e a Costa Rica joga contra o Panamá. No dia 11 de junho, os Estados Unidos visitam o México em rodada válida pelo returno do hexagonal final.

Confira os melhores momentos da partida contra Honduras:

Confira os melhores momentos da partida contra o Panamá:

Foto: AP Photo/Arnulfo Franco

Deixe um comentário

comentários