Share
Luis Robles celebra grande marca nos Red Bulls

Luis Robles celebra grande marca nos Red Bulls

O New York Red Bulls foi derrotado por 2 a 0 pelo Sporting Kansas City, na noite da última quarta-feira (03). Os gols foram marcados por Dom Dwyer, um no primeiro minuto e outro aos 23, ambos do segundo tempo. Mas, para um certo jogador do time de Nova York, mesmo tendo sido ele a levar os dois gols, o resultado ficou em segundo plano.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS:

Luis Robles, de 32 anos, alcançou uma grande marca pelo New York Red Bulls. Foi o jogo de número 150, consecutivo, em que ele atuou como titular na MLS e, de quebra, ainda usou a braçadeira de capitão.

Nascido no estado do Arizona, Robles, que também tem nacionalidade porto-riquenha, começou a carreira jogando pelo Portland Pilots, time da University of Portland, antes de rumar para a Alemanha, onde ficou por cinco temporadas, defendendo as cores do Kaiserslautern e do Karlsruher.

Em 2007, ele foi draftado na quarta rodada (50ª posição no geral) pelo D.C. United, mas não chegou a assinar com o clube.

Em agosto de 2012, no meio da temporada regular da MLS, foi contratado pelos Red Bulls, pelo Processo de Alocação da Liga. Atuou em quarto partidas.

No ano seguinte, terminou em quarto lugar na votação de Melhor Goleiro da temporada, sendo o único atleta do clube a jogar os 3.060 minutos da temporada regular, já ficando definitivamente nas graças da torcida.

E nas temporadas seguintes, seguiu o mesmo caminho. Atuou em todas as partidas da temporada regular e playoffs de 2014, 2015 (eleito Melhor Goleiro da Liga) e 2016.

CONFIRA GRANDE MOMENTOS DE LUIS ROBLES:

Pouco ídolo? Tamanho feito e as boas atuações levaram Robles a fazer parte da convocação de Jürgen Klinsmann para os treinamentos com a seleção americana, coisa que não acontecia com ele desde 2009, quando esteve na Copa Ouro.

Com grande regularidade, vai ficar difícil para o reserva Ryan Meara conseguir uma brecha para atuar na equipe da Big Apple.

Deixe um comentário

comentários