Share
Lamar Hunt U.S. Open Cup: Quem será o campeão da Copa dos EUA?

Lamar Hunt U.S. Open Cup: Quem será o campeão da Copa dos EUA?

Nesta quarta-feira (30), acontecerá a final da Lamar Hunt U.S. Open Cup 2015. A decisão será entre o Philadelphia Union e o Sporting Kansas City. Os Filhos de Ben buscam seu primeiro título na história, um detalhe é que pela segunda vez seguida disputará a final em casa. Já os Magos de Kansas City buscam seu tricampeonato na Copa.

A Copa dos Estados Unidos ou Lamarzão ou US Open, como preferir, é uma competição bem legal de acompanhar. Reúne todas as equipes filiadas à federação dos Estados Unidos. Desde aqueles times de polícia, bombeiros (que joguem alguma liga amadora) até as principais ligas, como é a MLS. Acabando com aquela tese que times da MLS não enfrentam times de outras ligas. É claro que se encontram. Poxa, NY Cosmos x NY City foi um jogão.

– Não, equipes canadenses não jogam. É a copa dos EUA, sem Canadá.

– Federação dos Estados Unidos é uma empresa, MLS é outra.

Pois bem, as equipes são inseridas de acordo com a liga em que se encontram. Ou seja, das amadoras, até a MLS. Seguindo a divisão feita para Federação dos EUA, a US Soccer. Pois bem, amigos, tem essa divisão, onde a USL é a terceira, NASL a segunda e a MLS a primeira. Por isso que os melhores colocados da MLS que vão para a Conacacf Champions League, pois ela é considerada a “Division I”. Mas são ligas paralelas e não há vinculo uma com a outra. Imagina se existisse uma “Liga Brasil” e o “Campeonato de futebol brasileiro” (nomes fictícios), duas empresas diferentes, e que a CBF (que não teria vinculo com essas duas) determinasse que uma fosse a principal pelo tamanho do investimento e projeção. É mais ou menos isso.

Na rodada preliminar entraram os campeões da USCS, USSSA e dois da USASA, que são ligas amadoras menores. No primeiro round entraram os vencedores da fase preliminar e outros 40 clubes, vindos da NPSL, PDL, e outros nove times da USASA. Na segunda fase os times da USL, na terceira fase os da NASL e na quarta fase as 17 equipes da MLS (Sim 17, as três canadenses não jogam. Já falei, oras). É uma vantagem muito grande para as franquias da principal liga de futebol dos EUA. Mas sempre acontecem surpresas, até as quartas de finais, pois neste século só deu MLS.

Agora que já falei um pouco da popular Copa dos Estados Unidos – nome traduzido para facilitar a compreensão, já que é a mesma coisa que a nossa Copa do Brasil – deixo o link com os confrontos de todas as fases. Clique aqui. Vamos continuar com algumas curiosidades.

Copa centenária e domínio da MLS no século

A primeira edição aconteceu em 1914. O nome da competição no inicio era National Challenge Cup. O Brooklyn Field Club venceu o Brooklyn Celtic por 2 a 1. Percy Adamson e James Ford marcaram para o BFC, Thomas Campion descontou para o Celtic.

O nome da Copa mudou para U.S Open Cup no decorrer dos anos, mas em 1999 a Federação de Futebol dos EUA alterou o nome oficialmente para Lamar Hunt U.S. Open Cup. Quem é esse sujeito, o que ele fez? Ele foi co-fundador da NASL, a antiga que funcionou entre 1967 e 1984. Um dos primeiros investidores da MLS. Fundou e foi dono do Columbus Crew, também já foi dono do atual FC Dallas e fundador do atual Sporting KC. Além disso, ele está no Hall da Fama do futebol nos EUA. Ou seja, o cara bancou um esporte que antes sofria muito preconceito e totalmente desacreditado pela nação em que vivia. Ele morreu em 2006 em decorrência de um câncer de próstata.

Vários times venceram a Copa no decorrer dos anos. Em um levantamento feito por estado, New York é o mais vitorioso, com 26 conquistas. Se vocês hoje reclamam que existem muitos times na região, naquela época eram vários times no Brooklyn e na cidade de Nova York. Depois, vem a Califórnia com 15 títulos. A Pensilvânia tem 14 e o Missouri 12.

Os maiores vencedores, ambos com cinco conquistas: Bethlehem Steel Football Club (1915, 1916, 1918, 1919 e 1926). O clube funcionou entre 1907 e 1930. Inclusive o Philadelphia Union lançou um uniforme preto em homenagem ao clube. Ambos do mesmo estado, a Pensilvânia. E o Maccabi Los Angeles (1973,1975,1977,1978 e 1981). O clube durou entre 1971 e 1982.

Mas e os maiores vencedores da era moderna? O Chicago Fire se sagrou campeão quatro vezes (1998, 2000, 2003 e 2006). Outro tetracampeão é o Seattle Sounders (2009, 2010, 2011, 2014).

A hegemonia da MLS começou em 1996. Claro, equipes bem estruturadas em relação a qualidade média da época. Desde aquele ano, apenas o Rochester Rhinos (1999) venceu a U.S. Open Cup sem ser da Major League Soccer.

Ao todo, 91 equipes participaram desta edição. Restam apenas duas. Foram 44 clubes amadores e 47 profissionais.

Quem será campeão: Os Filhos de Ben ou os Magos de Kansas City?

O Philadelphia Union teve dificuldades para chegar até esta final. É um time limitado, mas conseguiu superar os obstáculos. Enfrentaram prorrogações, pênaltis e também venceu por placar magro. Já o Sporting KC conseguiu apresentar um melhor futebol e conseguiu marcar uma boa quantidade de gols, Dom Dwyer é o artilheiro desta edição com cinco gols. Espero ambas as equipes com os titulares. O local da final será o PPL Park, casa do Phila. O famoso estado que fica ao lado da ponte.

Muitas equipes colocam os reservas na Copa, por vários motivos. O principal deles é o calendário. Outro fator que influencia é que as partidas são transmitidas pelo youtube e isso não é muito atrativo em termos comerciais. Ainda bem que a US Soccer conseguiu fechar com a Univision e com a ESPN2 para a final. Que isso se mantenha para 2016.

Sébastien Le Toux, do Union, comentou a expectativa para a final: “Estamos motivados para trazer o primeiro troféu para esta franquia. Nós vamos fazer tudo que pudermos para que isso aconteça.

Jim Curtin, treinador do Union e esse ruivo da foto, já foi campeão da competição pelo Chicago, em 2006. Ele disse: “Não há melhor sensação do que levantar um troféu com um bando de caras. Ele une os jogadores para sempre. Eu sempre usei nesta competição os meus 11 melhores. Decisões de treinadores podem ganhar jogos. Nós vamos a campo com força máxima.

Matt Besler, capitão do SKC, falou sobre o apoio da torcida e da vaga para a competição internacional: “Quando jogamos fora de casa e vemos toda a torcida itinerante, isso nos ajuda. certamente todos entendem que uma vaga para a Concacaf Champions League está em jogo, mas agora, só queremos ganhar um troféu.

Vejo o “Lamarzão” como o segundo título mais importante do futebol dos Estados Unidos. Apenas a MLS Cup é superior. A Copa fica a frente da Supporters’ Sheld (temporada regular da MLS), pois abrange equipes de outras ligas. E assim, como as outras duas, dá vaga para a Concacaf CL.

Aqui no Brasil, a transmissão será do WatchESPN. O pontapé inicial está previsto é às 20h, horário de Brasília (obviamente poderá atrasar). Para quem assistiu a edição do ano passado em uma stream sem som e o áudio de uma rádio da Philadelphia, ver em um site brasileiro e com possíveis comentários em português é muito bom. É o crescimento da MLS no Brasil. E olha que o Kaká nem vai jogar.

Se você leu tudo, muito obrigado. Tentei reunir algumas informações e tirar algumas duvidas. São duas equipes com pouca torcida em nosso país, mas certamente o fã da MLS e do Soccer em geral estará de olho nesta final. Quem será o campeão? Até mais.

Deixe um comentário

comentários