Share
Canadense Julián de Guzman, do Ottawa Fury, anuncia aposentadoria dos gramados

Canadense Julián de Guzman, do Ottawa Fury, anuncia aposentadoria dos gramados

O meio campista Julián de Guzman anunciou nesta semana sua aposentadoria como jogador profissional. O atleta canadense é o recordista de partidas oficiais pelo Canadá e foi considerado o jogador canadense do ano em 2008. Após 15 anos atuando, o atleta que começou no North Scarborough encerrou sua carreira no Ottawa Fury, da NASL. Agora, o ex-jogador continuará na capital canadense como membro da comissão técnica da equipe.

– Me sinto muito honrado e agradecido por essa grande carreira. Estou orgulhoso por ser canadense. Passei por muita coisa durante minha carreira, tive que me sacrificar para fazer aquilo que eu mais amava, mas não me arrependo de nada. Dediquei minha carreira inteira ao Canadá e esse é o amor da minha vida – disse o jogador em vídeo anunciando a aposentadoria.

De Guzman recebe homenagens das mãos de Peter Montopoli, do Canada Soccer (Foto: Steve Kingsman/ Facebook Canada Soccer )

De Guzman teve uma carreira de respeito no futebol. Descoberto ainda no Canadá, o atleta foi ao Olympique de Marseille ainda antes de se tornar profissional. Iniciou a carreira no time B do FC Saarbrücken e depois atuou pela equipe principal. Entre 2002 e 2005 atuou pelo Hannover 96. Depois foi contratado pelo Deportivo La Coruña, tornando-se o primeiro canadense a jogar a liga espanhola. Por lá ficou até o ano de 2009.

Na MLS, o jogador defendeu o Toronto FC e o FC Dallas. Em 2013, retornou ao futebol alemão para defender o Jahn Regensburg e depois atuou no futebol grego pelo Xanthi. Por último, chegou ao Ottawa Fury em 2015, clube que defendeu até o fim de 2016. Entre suas principais conquistas estão os três campeonatos canadenses com o Toronto e um campeonato de outono da NALS em 2015.

vídeo com seis principais momentos da carreira de Guzman:

Pela seleção Canadense foram 14 anos de dedicação. De Guzman disputou seis Copas Ouro da Concacaf e um Mundial Sub-20, realizado na Argentina. Tornou-se o jogador com mais partidas disputadas pela seleção com 89 jogos, sendo capitão em 25 oportunidades. Passou por quatro ciclos de eliminatórias para a Copa do Mundo. O grande destaque pela seleção foi a campanha da Copa Ouro de 2007 quando era o destaque da equipe que alcançou as semifinais da competição.

A partir de fevereiro, o ex-jogador já tem uma nova função no Ottawa Fury. Ele deixa de ser atleta profissional para ser assistente técnico de Paul Dalglish.

– Na minha opinião, ele é o melhor jogador canadense de todos os tempos. Para alcançar tudo que ele alcançou em nível internacional e também na liga espanhola, que é uma das melhores do mundo, é realmente inacreditável. E para nós ter o melhor jogador canadense se juntando a nossa equipe e sendo a fonte de conhecimento para os jogadores que estão tentando seguir seus passos é de extremo valor. Nós somos muito sortudos – disse Paul Dalglish, técnico e gerente geral do Ottawa Fury, ao site do Canada Soccer.

Confira o vídeo produzido sobre a aposentadoria do jogador:


Foto: Steve Kingsman/ Facebook Canada Soccer

Deixe um comentário

comentários